Buscar
  • Claudio Pfeil

“ACHISMOLOGIA”: A PIOR DAS PANDEMIAS

"Para quem não acredita na ciência eu digo: é só esperar para ver"

(Átila Iamarino, biólogo pesquisador)


Ouvi ontem de um rapaz no Aterro:

- Cara, tem muito exagero nessa paranoia toda aí, a segunda guerra matou muito mais gente do que esse vírus...

Hesitei em responder. Tenho exercitado escolher meus combates, os que valem e os que não valem meu tempo, esforço. É demasiadamente exaustivo, além de impossível, tentar combater tudo que nos violenta, sobretudo a ignorância e a “achismologia” (achismo que se arvora em epistemologia), as quais, se institucionalizaram com um Presidente da República orgulhoso de sua debilidade, inépcia, irresponsabilidade, na contramão da ciência, da informação, da imprensa, do planeta inteiro. Assim mesmo, decidi-me:

- São guerras diferentes. Uma, é estritamente política, conflito de interesses, briga de poder, a outra, estritamente sanitária: vírus não tem interesse nenhum. Você consegue entender a diferença?

- Cara, é tudo a mesma porra, morre do mesmo jeito, todo mundo vai morrer.

- Morrer, morre. Mas uma coisa é morrer, a outra, escolher prevenir ou precipitar morrer. É uma questão de entendimento, informação, é o que vai decidir. Não é a mesma coisa não, quer ver só? Quando você fica doente, você consulta um político ou um médico?

- Isso é.

- Isso é o quê?

- Porra, um médico, claro.

- Eu também. Então, a gente tem que dar ouvido a quem entende do assunto. Sempre ouvi de meu pai: meu filho, quando quiser saber algo, pergunta a quem sabe. Vírus - eu não entendo, você entende? Não? Então procura ouvir quem entende, de verdade, e não quem sai por aí achando sem saber, e pior, pondo a vida de todo mundo em risco. Quem sabe de vírus são os infectologistas - não tudo, claro, mas o suficiente para dizer o que pode e o que não pode, o que deve e o que não deve ser feito. Atila Iamarino, já ouviu falar? Jovem biólogo, pesquisador, entende do assunto. Se liga nele, tem vários vídeos dele falando do Covid-19 na internet, no programa Roda Viva dessa segunda, 30/3/2020.

Parei por aí. Mas poderia ter acrescentado: da mesma forma, quem sabe de política são os que pensam de maneira crítica, humanista, responsável. Briga de poder e pandemia de vírus, são guerras diferentes. Mas com o pensar crítico, humanista, pode-se, se não evitar totalmente, dirimir em muito os riscos das duas.

A “achismologia” é a pior das “pandemias”: ela torna todas as demais incuráveis.

Claudio Pfeil


"O Presidente do Brasil é o único líder mundial, junto com o da Bielorrússia, a minimizar os efeitos da Covid-19, a não acreditar na ciência. Para quem não acredita eu digo: é só esperar para ver" Átila Iamarino, biólogo pesquisador, Roda Viva, 30/3/2020

54 visualizações0 comentário